12 Astronautas Americanos Visitaram um Planeta Com Dois Sóis à 39 Anos-Luz do Sistema Solar?

12 Astronautas Americanos Visitaram um Planeta Com Dois Sóis à 39 Anos-Luz do Sistema Solar?

30 de dezembro de 2022 0 Por Jonas Estefanski
Compartilhar:

Em 1983 um homem chamado Richard C. Doty que se identificou como sargento da Força Aérea dos Estados Unidos alegou ter fornecido registros do programa de intercâmbio à jornalista Linda Moulton para seu documentário da HBO “The ET Factor”.

Em 2005 uma série de e-mails foram enviados para Victor Martinez que dirigia um grupo de discussão sobre OVNIs. Nos e-mails, afirmava-se que o projeto SERPO era real. O projeto SERPO é um dos 20 projetos ultrassecretos supervisionados pelo Majestic 12 (ou MJ-12).

O funcionário disse que em 1965 foi implementado um programa de intercâmbio com alienígenas no qual 12 pessoas (10 homens e duas mulheres) foram selecionadas para visitar seu planeta. Eles escolheram os melhores especialistas militares do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, que tiveram que passar 10 anos em um planeta alienígena.

SERPO foi um programa conjunto do governo dos EUA e humanóides que vivem no planeta Serpo, localizado no sistema estelar de Zeta Reticuli. A distância da Terra a Serpo é de cerca de 39 anos-luz. Segundo uma fonte anônima o contato com alienígenas foi estabelecido depois que . (Novo México, EUA) em 1947. Então os americanos conseguiram salvar um humanóide. Ele foi autorizado a se comunicar com seus irmãos através de um interfone localizado em um objeto em forma de disco.

Os americanos prepararam um grupo de 12 pessoas após estabelecerem contato com os alienígenas. Por acordo no programa de intercâmbio, durante a permanência dos terráqueos no planeta Serpo, um dos alienígenas permaneceu como representante diplomático na Terra. Todas as informações relacionadas aos que concordaram em voar foram destruídas como se nunca tivessem existido.

Com o tempo algo deu errado. Os americanos que partiram para Serpo em 1965 não puderam voltar 10 anos depois, conforme planejado, mas 13 anos depois, em agosto de 1978. Mas isso não é tudo  um deles morreu de doença pulmonar, outro morreu em conseqüência de um acidente, e dois expressaram o desejo de permanecer em Serpo para sempre. Apenas sete homens e uma mulher voltaram.

Os astronautas que retornaram foram imediatamente colocados em uma instalação fechada, onde passaram cerca de um ano sob a supervisão de médicos e cientistas, passando por exames e compilando relatórios de viagem. Um ano depois, eles receberam novos documentos, receberam quantias significativas de dinheiro e voltaram à vida normal. Nenhum deles viveu muito. Em 2002 todos os participantes da viagem espacial para Serpo estavam mortos. A causa da morte pode ser uma dose de radiação recebida durante o vôo, bem como em um planeta alienígena.

Segundo relatos, as condições de vida em Serpo para os terráqueos eram difíceis e incomuns. A aclimatação levou anos. Como o planeta tem dois sóis a radiação de fundo é muito alta para os habitantes da Terra. A idade da civilização alienígena que vive no planeta SERPO é de 10.000 anos e apenas 650.000 alienígenas vivem no planeta.

O voo do sistema solar para o sistema Zeta Reticuli levou cerca de nove meses.

O fato de o planeta que faz parte do sistema Zeta Reticuli ser habitado por humanóides é confirmado pelas histórias dos cônjuges Barney e Betty Hill, abduzidos e devolvidos à Terra. 

Além disso é confirmado pela história do engenheiro Robert Lazar que trabalhava na “Área 51”. Além disso o casal Hill conseguiu se lembrar do que havia acontecido com eles apenas em um estado de hipnose regressiva. Betty até conseguiu desenhar um mapa estelar, que foi mostrado a ela por alienígenas. Mas Robert Lazar afirmou que durante seu trabalho na “Área 51”, ele conseguiu ver alienígenas do planeta Serpo e suas aeronaves várias vezes.

Segundo uma das fontes anônimas. os programas espaciais oficiais dos terráqueos são apenas um disfarce. Com base na tecnologia alienígena, uma frota de 8 naves-mãe e 43 espaçonaves de valor de defesa foi criada há muito tempo. E a colônia em Marte foi fundada pelos americanos junto com a União Soviética em 1964. A fonte afirma que os terráqueos já visitaram todos os planetas do sistema solar, exceto Mercúrio.