Veja imagens impressionantes do primeiro eclipse solar de 2022

Veja imagens impressionantes do primeiro eclipse solar de 2022

2 de maio de 2022 0 Por Jonas Estefanski
Compartilhar:

Um raro eclipse solar parcial aconteceu no sábado (30), para o deleite de espectadores presentes em algumas poucas regiões do planeta. O evento só pôde ser observado por quem estivesse no sul da América do Sul, onde foi mais intenso, abrangendo entre 40% e 54% do disco do Sol. Outros locais de onde o evento pôde ser visto foram algumas áreas da Antártica e na parte sul dos oceanos Pacífico e Atlântico.

No entanto, transmissões ao vivo captadas por câmeras na Terra e satélites no espaço permitiram que muito mais pessoas ao redor do mundo testemunhassem a Lua bloqueando até 64% do Sol. O fenômeno aconteceu durante a Lua Negra, como é chamada a segunda lua nova em um único mês.

Eclipse solar parcial proporciona imagens incríveis

Um dos transmissores do primeiro eclipse solar de 2022 foi o canal do Observatório Nacional no YouTube. A entidade é vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), em parceria com diversas instituições do país.

Vale destacar as capturas feitas por C. Alex Young, heliofísico e diretor associado da divisão de ciência e heliofísica no Centro de Voo Espacial Goddard da NASA, que mostram o Sol imenso e lindo, aparentemente “abocanhado” pela sombra da Lua.

O eclipse também foi captado do espaço pelo satélite GOES-16, que é responsável por mapear raios, tempestades severas e atividade solar para a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA).

Segundo a NASA, pelo menos parte do eclipse foi visível no Chile, na Argentina, na maior parte do Uruguai, no oeste do Paraguai, no sudoeste da Bolívia, no sudeste do Peru e em alguns pontos do sudoeste do Brasil.



Fotos do eclipse solar parcial do último sábado (30). À esquerda, uma captura feita por Juano Martinez, no Chile. À direita, outra imagem feita no Chile, pelo fotógrafo Daniel Correa. Reprodução Instagram.

Segundo a NASA, o próximo eclipse solar, também parcial, ocorrerá em 25 de outubro e será visível da Europa, do nordeste da África, do Oriente Médio e da Ásia Ocidental. Não haverá eclipses solares totais este ano.