Universo dos Anfíbios: Os anfíbios surgiram há cerca de 350 milhões de anos

Universo dos Anfíbios: Os anfíbios surgiram há cerca de 350 milhões de anos

3 de agosto de 2022 0 Por ucrhyan
Compartilhar:

Universo dos Anfíbios: Os anfíbios surgiram há cerca de 350 milhões de anos, no Devoniano, e foram os primeiros animais vertebrados terrestres.

Nesse documentário acompanhe um biólogo e conheça alguns interessantes anfíbios brasileiros.

Documentário Universo dos Anfíbios

A característica mais marcante dos anfíbios é o seu ciclo de vida dividido em duas fases: uma aquática e outra terrestre, apesar de haver exceções. 

Nas últimas décadas tem ocorrido um declínio das populações de anfíbios ao redor do globo. Muitas espécies estão ameaçadas ou extintas.

Devido às suas características biológicas como a forte dependência da água doce, os anfíbios são considerados por muitos biólogos um bom modelo de bioindicador (espécie que reflete o estado biótico ou abiótico de um meio ambiente).

Características dos anfíbios – Universo dos Anfíbios

Algumas das características que os tornam dependentes da água para sobreviver são: pele permeável e corpo sujeito à desidratação, fecundação externa, ovos sem casca dura e uma fase larval com a respiração branquial.

Quando jovens, a maioria das espécies  vivem exclusivamente em ambiente aquático dulcícola, e sua estrutura corpórea é semelhante a de um alevino, realizando respiração branquial. A fase jovem, também conhecida como larval, é determinada do nascimento até a metamorfose do anfíbio, que lhe permitirá sair do ambiente aquático e fazer parte do ambiente terrestre. As larvas possuem cauda e até mesmo linha lateral como os peixes.

Já adultos, a dependência da água dos anfíbios jovens é superada parcialmente, e após a metamorfose, a maioria das espécies, pode deixar a água e viver em habitat terrestre. Apesar de pulmonados, os representantes dessa classe possuem uma superfície alveolar muito pequena, incapaz de suprir toda a demanda gasosa do animal. Portanto, como complemento à respiração pulmonar, os anfíbios realizam a respiração cutânea.