Terra oca? Índios da Amazônia afirmam que existe um mundo inteiro dentro do nosso planeta

Terra oca? Índios da Amazônia afirmam que existe um mundo inteiro dentro do nosso planeta

20 de janeiro de 2023 0 Por Jonas Estefanski
Compartilhar:

Os índios Macuxi sabiam da existência da Terra Oca há quase cem anos. Mas suas lendas são verdadeiras ou são outra incrível história folclórica?

E se a clássica “Viagem ao Centro da Terra” de Júlio Verne for realmente verdade? E lá fora, em algum lugar, um mundo totalmente novo está esperando para ser explorado, um lugar onde as coisas vivas de alguma forma habitam as profundezas do nosso planeta, um lugar que culturas e civilizações antigas sabiam que existiam, ou sabiam que existiam. Ainda existe hoje.

Os índios Macuxi são indígenas que vivem na Amazônia, em países como Brasil, Guiana e Venezuela. De acordo com suas lendas, eles são os descendentes dos filhos do Sol, o criador do Fogo e da doença e os protetores da “Terra interior”.

Suas lendas orais falam de uma entrada na Terra. Até o ano de 1907, os Macuxies entravam numa espécie de caverna, e viajavam de 13 a 15 dias até chegarem ao interior. É lá, “do outro lado do mundo, no interior da Terra” que vivem os Gigantes, criaturas que medem de 3 a 4 metros de altura.

De acordo com os Macuxies, eles receberam a tarefa de guardar o lado de fora da entrada e impedir que estranhos entrassem na “Terra Oca”. Lendas do povo Macuxi dizem que quem entra na misteriosa caverna por três dias só desce por escadas gigantes, cada degrau medindo em torno de 80 centímetros.

Após o terceiro dia, eles deixam suas tochas para trás e continuam sua jornada “para” a Terra iluminada pelas luzes que já estavam presentes nas cavernas. Lanternas gigantes, do tamanho de uma melancia, brilhavam como o sol.

Após 4 a 5 dias de viagem, quem estava dentro da caverna perdia peso e massa corporal, permitindo que se movimentassem muito mais rápido.

As lendas dos povos Macuxi afirmam que depois de 5 dias dentro das cavernas, eles passariam por enormes cavernas cujos tetos não podiam ser vistos, e em uma das câmaras do sistema de cavernas, existem quatro objetos “semelhantes ao Sol”, que são impossíveis de olhar, cuja finalidade é desconhecida do povo Macuxi.

Dentro da Terra, existem lugares onde as árvores com alimentos podem crescer. Os Macuxi dizem que frutas como caju, carvalho, manga, banana e algumas plantas menores são encontradas com 6 a 7 dias de viagem.

Quanto mais o povo Macuxi avançava na Terra, maiores as áreas de vegetação que observavam. Mas nem todas as áreas são verdes e prósperas. O povo Macuxi diz que alguns lugares são extremamente perigosos e devem ser evitados, como os de pedras ferventes e riachos de “azoge”.

As tradições orais macuxi continuam e dizem que depois de passar por essas câmaras gigantes, no meio do caminho, eles devem se mover com cuidado, pois o misterioso “ar” pode fazer com que as pessoas “voem ou flutuem”.

Continuando sua jornada, eles chegariam a um lugar dentro da Terra, onde viviam os Gigantes. Lá, os exploradores Macuxi comiam a comida dos gigantes, como maçãs do tamanho de cabeças humanas, uvas do tamanho de um punho humano e deliciosos peixes gigantes que eram pescados pelos gigantes e dados de presente aos Macuxi.

Depois de estocar a comida oferecida pelos gigantes, os batedores Macuxi voltavam “para casa” no mundo “exterior”, auxiliados pelos gigantes do mundo interior.

Dizem que os Macuxi são os “guardiões” do submundo, os protetores da entrada do interior da Terra, e suas lendas falam de uma terra, dentro da terra, repleta de incríveis poderes e riquezas.

Essa lenda, é claro, é considerada por muitos apenas isso, outra história antiga. Mas para os Macuxi, sua “lenda” era tão real quanto possível, e eles eram os porteiros até que os exploradores britânicos chegaram à Amazônia em busca de ouro e diamantes, aventurando-se nas cavernas para nunca mais voltar. .

Desde o último encontro com eles, os Macuxi dizem que os gigantes os puniriam por não cumprirem suas obrigações e as “lendas” dos gigantes se apagaram com o passar dos anos.

É possível que esta seja apenas mais uma lenda? Ou há algo mais na misteriosa tribo Macuxi e suas lendas? Diz-se que a Terra Oca existe em muitas civilizações e culturas antigas ao redor do mundo.

A existência de seres gigantes que habitam nosso planeta é outro fato presente em dezenas de culturas antigas ao redor do mundo, presente até mesmo em textos religiosos como a Bíblia.

É possível que as lendas Macuxi sejam reais e que em algum lugar da Amazônia haja uma entrada para o interior da Terra?