Saiba qual foto a Nasa registrou no dia que você nasceu

Saiba qual foto a Nasa registrou no dia que você nasceu

1 de fevereiro de 2022 0 Por Jonas Estefanski
Compartilhar:

A agência espacial norte-americana mantém uma plataforma de fotos diárias sobre o cosmo

A Nasa mantém um site com fotos diárias com temas espaciais. Os arquivos abrangem objetos de todo o cosmo, como estrelas, buracos negros, galáxias, sistema solar, entre outros. A plataforma Astronomy Picture of the Day (APOD) viralizou nas redes sociais, pois os usuários passaram a usá-la para pesquisar a imagem registrada no dia em que nasceram

A descoberta da ferramenta foi um dos assuntos mais comentados no Twitter sexta-feira (28). Um tutorial publicado no TikTok foi compartilhado pelos usuários na rede do passarinho com a dica. 

No APOD é possível encontrar ainda fotos de tecnologia, como foguetes, observatórios e até estações fora da Terra. Também existe registro de astronautas e cientistas importantes para a exploração espacial. No entanto, os arquivos da plataforma só existem a partir de junho de 1995, então os nascidos antes dessa data não conseguem entrar na nova tendência. 

Alguns usuários do Twitter ficaram emocionados ao encontrar fotos de galáxias e de estrelas tiradas no mesmo dia, mês e ano em que nasceram.

OMO DESCOBRIR A FOTO DA NASA REGISTRADA NO SEU NASCIMENTO

  • Primeiro, acesse o site de arquivo do telescópio espacial Hubble
  • Em seguida, o usuário deve se deparar com uma página com uma grande listagem de arquivos. 
  • Por fim, basta encontrar o dia, o mês e o ano em que o indivíduo nasceu e descobrir o que foi registrado pela Nasa no dia.

DN NA NASA 

Diário do Nordeste entrou na brincadeira e buscou qual foto foi capturada pela Nasa no aniversário de 40 anos do jornal, celebrado em 19 de dezembro do ano passado. Nesse dia, a agência espacial norte-americana registrou o alinhamento planetário entre Vênus, Saturno, Júpiter, Lua e Urano no céu da Itália

Alinhamento planetário registrado no céu da Itália
Legenda: Além das fotos, a plataforma ainda oferece um resumo sobre o que foi registrado na dataFoto: Antonio Finazzi/Nasa