Restos de uma civilização desconhecida foi encontrado no Equador (Vídeo)

Restos de uma civilização desconhecida foi encontrado no Equador (Vídeo)

12 de fevereiro de 2022 0 Por Jonas Estefanski
Compartilhar:

Uma descoberta recente feita por uma equipe de arqueólogos revelou os restos de uma antiga civilização desconhecida no Equador

Uma civilização desconhecida é descoberta no Equador

A equipe de especialistas russos, equatorianos e japoneses localizou o depósito em Real Alto, em Santa Elena, Equador. Fragmentos de vasos de cerâmica e outros artefatos de 6.500 anos que pertencem a uma civilização desconhecida.

Civilização desconhecida no Equador

O artigo foi publicado na revista científica Antiquity, e menciona que os arqueólogos encontraram as peças a uma profundidade de 75 centímetros e um metro .

A análise do espectrômetro de massa de radiocarbono revelou que a cerâmica data de 4640 a 4460 aC. C. , época que coincide com a primeira etapa da cultura Valdivia . Esta é uma das culturas mais antigas da América e trabalhou com cerâmica. Suas criações, atualmente, são simbólicas para o Equador.

No entanto, as novas descobertas são resultado de uma técnica muito diferente . Isso levou à descoberta de uma composição decorativa totalmente diferente do estilo valdiviano.

Os fragmentos cerâmicos de San Pedro são muito semelhantes a outras peças encontradas no passado. Estes foram descobertos no Real Alto e em outras escavações que datam da década de 1980 . No entanto, nenhuma das descobertas pode ser atribuída a qualquer cultura conhecida.

Como resultado disso, os especialistas acreditam que seja uma civilização desconhecida de Valdivia, que nasceu e se desenvolveu na costa do Pacífico do Equador.

Nas próximas escavações , tentarão encontrar mais objetos dessa nova cultura , o que poderá ser mostrar com mais precisão qual foi o seu desenvolvimento.

Uma civilização desconhecida é descoberta no Equador

Evidências muito mais antigas?

Da mesma forma, os arqueólogos também acreditam que peças de cerâmica ainda mais antigas podem ser encontradas .

Isso revelaria se a cerâmica foi inventada na América do Sul na mesma época em que ocorreu em outras partes do planeta ou se foi trazida para o continente.

Esta descoberta foi feita graças aos esforços arqueológicos da Universidade Federal do Extremo Oriente de Vladivostok na Rússia, do Instituto SB RAS de Arqueologia e Etnografia na Rússia, da Escuela Superior Politécnica del Literal no Equador e da Universidade de Tohoku no Japão.

Esses mesmos especialistas já haviam participado da descoberta de restos humanos de 6.000 a 10.000 anos que foi feita no cantão de Atahualpa.

Essa descoberta mais uma vez alimenta a teoria de que uma civilização desconhecida, ou que várias outras culturas que não aparecem nos registros históricos, existiram em diferentes partes do mundo. Talvez, alguns sejam muito mais avançados do que pensamos…