Quais são os 10 lugares mais frios da Terra?

Quais são os 10 lugares mais frios da Terra?

11 de dezembro de 2022 0 Por Jonas Estefanski
Compartilhar:

Os lugares mais frios da Terra são difíceis de sobreviver para os humanos, mas exploradores e cientistas intrépidos e bem isolados encontraram maneiras de sobreviver nesses locais. Na maioria dos casos listados neste artigo, os termômetros comuns não funcionariam. Até mesmo os criômetros de etanol não teriam serventia em 5 desses locais pois podem medi a mínima de 70°C negativos. A pele humana, se exposta, congelaria em minutos e as gotículas da respiração se transformariam em cristais no momento da expiração. Como sua mãe pode dizer: – “Tá levando o seu casaco meu filho?”

Quais são os 10 lugares mais frios da Terra?

Muitos desses locais também são estações onde pesquisas importantes e inovadoras são realizadas. Pesquisas climáticas, geologia, astronomia e biomedicina extrema prosperaram nessas condições inóspitas. Então sirva-se de uma xícara quente de chá ou café e descubra os lugares mais arrepiantes do planeta.

1 – Cúpula Fuji, Antártica (-93,2°C) em agosto de 2010

Quais são os 10 lugares mais frios da Terra?

Em 2010, o satélite Landsat 8 apontou seus instrumentos para uma alta crista na camada de gelo da Antártica Oriental e confirmou o que os cientistas esperavam sobre o clima local: frio. Extremamente frio. Registrando uma leitura de -92,3°C, este deserto seco e frio foi declarado o lugar mais frio da Terra, batendo o recorde anterior da estação Vostok, que existia desde 1983.

Embora as temperaturas ali raramente ultrapassem os -30°C, os humanos encontraram, incrivelmente, formas de viver e trabalhar na região. A vizinha Estação Dome Fuji foi estabelecida em 1995, e núcleos de gelo perfurados na região nos dão uma janela para 720.000 anos de história paleoclimática.

2 – Estação de Pesquisa Vostok, Antártica (-89,2°C) em julho de 1983

Quais são os 10 lugares mais frios da Terra?

Um dos lugares mais frios da Terra é, estranhamente, também um dos mais ensolarados. No mês de dezembro, a Estação de Pesquisa Vostok na Antártica desfruta de mais de 22 horas de luz solar. Por outro lado, na noite polar, há precisamente zero horas de luz solar e Vostok registra a temperatura média anual mais baixa de qualquer estação meteorológica do planeta.

A estação foi estabelecida pela União Soviética em 1957 e é um local de pesquisa fascinante. Além de núcleos de gelo e magentronomia, os cientistas penetraram no Lago Vostok, um enorme lago subglacial escondido sob o gelo. Lá, eles descobriram um ecossistema de micróbios e organismos multicelulares que antes estava isolado do resto do mundo.

3 – Estação Polo Sul Amundsen-Scott, Antártica (-82,8°C) em junho de 1982

Quais são os 10 lugares mais frios da Terra?

As pessoas que vivem e trabalham na Estação Polo Sul Amundsen-Scott veem apenas um nascer do sol e um pôr do sol por ano, então talvez não seja surpreendente que seja o local de algumas das temperaturas mais baixas já registradas. Situada no alto do planalto antártico, a estação fica a cerca de 3.000 metros acima do nível do mar. Mesmo em um dia de verão aqui é improvável que suba muito mais do que -12°C.

A estação está permanentemente ocupada desde que os Estados Unidos construíram a primeira base em 1956 e hoje a população média é de cerca de 150 pessoas, embora esse número caia durante o inverno. Os cientistas da estação trabalham em tudo, desde pesquisa de neutrinos até trabalhos biomédicos e observações da radiação cósmica de fundo com o Telescópio do polo Sul.

4 – Cúpula Argus, Planalto Antártico (-82,5°C) em julho 2005

Quais são os 10 lugares mais frios da Terra?

Quão baixo nós podemos ir? Os cientistas acreditam que podemos descobrir neste local. Situado perto do atual detentor do recorde Cúpula Fuji, uma leitura de roubo de recorde ainda não foi feita no Argus, mas os pesquisadores especulam que uma cordilheira próxima abriga as condições naturais mais frias da Terra.

Em 2018, uma equipe da Universidade do Colorado em Boulder usou a tecnologia de mapeamento infravermelho para identificar regiões no leste da Antártica onde as temperaturas podem cair abaixo de -90°C. Estes ocorrem em depressões topográficas rasas perto da parte mais alta da camada de gelo, em altitudes de 3.800 a 4.050m, e o Argus é um dos principais candidatos.

5 – Denali, Alasca (-73,8°C) entre 1950 e 1969

Quais são os 10 lugares mais frios da Terra?

O pico mais alto da América do Norte é uma visão espetacular e imponente, elevando-se a mais de 6.000 metros acima do nível do mar. É também o paraíso dos alpinistas, mas você precisará de uma camada de agasalhos excepcional se estiver pensando em uma subida. Uma estação meteorológica colocada perto do cume registrou a temperatura mais baixa já registrada nos Estados Unidos em 2003: uma geada de -73,8°C.

Antes conhecido como Monte McKinley, o governo dos Estados Unidos reverteu seu nome oficial para Denali, nome usado pelo povo Koyukon, que habita a área ao redor da montanha.

6 – Verkhoyansk, Sibéria (-69,8°C) em fevereiro de 1892

Quais são os 10 lugares mais frios da Terra?

Lar de cerca de 1.000 pessoas, esta cidade russa fica dentro do Círculo Polar Ártico e é um dos lugares considerados o “Pólo do Frio” do norte, onde as temperaturas mais baixas já foram registradas no hemisfério norte.

Seu clima único é criado por uma área de ar frio e denso chamada Alta Siberiana. A área é propensa a inversões de temperatura, bolsões onde as temperaturas realmente aumentam com a altitude. Incrivelmente, Verkhoyansk vê regularmente temperaturas de verão superiores a 30°C; a cidade é palco de algumas das maiores variações de temperatura entre o inverno e o verão em qualquer lugar da Terra.

7 – Estação de pesquisa Klinck, Groenlândia (-69,4°C) em dezembro de 1991

Quais são os 10 lugares mais frios da Terra?

A Groenlândia, a maior ilha do mundo, é escassamente povoada, devido a uma gigantesca camada de gelo que cobre grande parte de seu território. A instalação de estações meteorológicas neste clima inóspito envolve cientistas intrépidos que atravessam o terreno em motos de neve com seus instrumentos na ponta dos pés.

Vale a pena, no entanto. Além da ciência climática vital, essas estações registraram algumas das condições mais extremas do hemisfério norte. A Estação de Pesquisa Klinck fica perto do ponto mais alto da camada de gelo, exposta ao pior do clima seco e frio continental.

8 – Oymyakon, Sibéria (-67,8°C) em fevereiro de 1933

Quais são os 10 lugares mais frios da Terra?

Às vezes referido como o assentamento permanentemente habitado mais frio da Terra, adoraríamos ouvir agentes imobiliários tentando vender este canto rural siberiano. Lar de menos de 1.000 pessoas, está situado entre dois vales, que prendem os ventos frios entre eles, intensificando as condições.

Congeladas durante todo o inverno, aparentemente as escolas locais só fecham quando as temperaturas caem abaixo de -55°C.

9 – Gelo Norte, Groenlândia (-66,1°C) em janeiro de 1954

Quais são os 10 lugares mais frios da Terra?

Estabelecida pela expedição britânica North Greeland em 1952, esta estação de pesquisa foi originalmente alcançada em trenós puxados por cães antes que aeronaves militares deixassem suprimentos e instrumentos para uma equipe de exploradores e cientistas usarem. A leitura de temperatura feita em 1954 foi, na época, a mais fria já registrada no hemisfério norte.

A expedição realizou uma ampla pesquisa que incluiu geologia, sismologia, fisiologia e glaciologia.

10 – Snag, Yukon, Canadá (-62,7°C) em fevereiro de 1947

Quais são os 10 lugares mais frios da Terra?

Situada em um vale em forma de tigela em Yukon, Canadá, Snag é uma vila agora abandonada onde uma temperatura baixa recorde foi registrada durante um inverno incomum na década de 1940. O frio extremo fez com que os moradores relatassem que sua respiração congelava no ar enquanto exalavam e caíam no chão como uma poeira branca.

Mais estranho ainda, eles descobriram que os sons eram levados muito mais longe no ar frio e denso, com vozes sendo ouvidas a vários quilômetros de sua fonte.

Ei você…

Desculpe, mas temos um pequeno favor a pedir. Milhares de pessoas chegam ao MDig a cada dia em busca de conteúdo de qualidade. Nestes tempos desgraçados, um site independente e em busca de manter o respeito com a verdade é essencial.

Mesmo em meio a crise econômica resultante da pandemia, o MDig nunca vai abandonar sua linha editorial, mantendo seus artigos abertos a todos

Não temos investidores, somos hoje 6 pessoas totalmente “comprometidas” e livres de influência comercial e política. Se há um momento para se juntar a nós, é agora. Seu financiamento protege nossa independência e garante que possamos permanecer abertos para todos. Você pode nos apoiar durante esses tempos desafiadores e possibilitar um impacto no mundo de muitas pessoas.

De fato, se não conseguirmos fazer frente aos custos nos próximos meses, vamos ter que encerrar as atividades, porque o nosso único meio de monetização é a propaganda. Sério! A simples perspectiva de ter que encerrar um projeto de 17 anos de dedicação simplesmente é de cortar o coração.