POR QUE UMA ESPÉCIE DE MINHOCA TEM PREOCUPADO AMBIENTALISTAS NOS ESTADOS UNIDOS?

POR QUE UMA ESPÉCIE DE MINHOCA TEM PREOCUPADO AMBIENTALISTAS NOS ESTADOS UNIDOS?

28 de maio de 2022 0 Por Jonas Estefanski
Compartilhar:

Conhecida como minhoca saltadora, a Amynthas agrestis foi avistada em diferentes locais da Califórnia

Uma espécie de minhoca nativa de países asiáticos como o Japão e as Coreias tem preocupado especialistas norte-americanos. O motivo é que a Amynthas agrestis, mais conhecida como minhoca saltadora, tem sido vista cada vez com mais frequência em diversos locais da Califórnia, nos Estados Unidos.

O animal, que, segundo os cientistas, possui um apetite voraz, representa uma grande ameaça ao ecossistema local. Podendo chegar aos 20 cm de comprimento, a Amynthas agrestis é hermafrodita e pode se reproduir sem acasalamento. Além disso, a espécie também é conhecida por dar saltos de até 30 cm de altura.

“Essas minhocas são extremamente ativas, agressivas e têm apetite insaciável”, disse um relatório do Departamento de Alimentação e Agricultura da Califórnia (CDFA). “Fiéis ao seu nome, eles pulam e se debatem imediatamente quando são manuseadas, comportando-se mais como uma cobra ameaçada do que uma minhoca, às vezes até quebrando e soltando o rabo quando pegas”.

Impacto nas florestas
De acordo com o portal de notícias UOL, essas minhocas podem devorar rapidamente folhas caídas, o que pode comprometer a camada superior do solo das florestas do estado. O problema, segundo os cientistas, é que muitas plantas e animais dependem dessas folhas para sobreviver.

“Elas são destrutivas e causam sérios danos às florestas de madeira de lei, que dependem de espessas camadas de serrapilheira, que servem como meio de enraizamento”, explicou o CDFA.
Por esse motivo, os especialistas recomendam ensacar as minhocas que forem encontradas e jogá-las no lixo, ou mesmo colocá-las em um saco e deixá-las ao sol por pelo menos 10 minutos antes de descartar o saco.

Conforme apontou o CDFA, a espécie muito provavelmente irá se distribuir pelas camadas florestais da Califórnia, surgindo em cada vez mais localidades dos Estados Unidos.