O que aconteceu com o homem que invadiu a NASA e encontrou OVNIs?

O que aconteceu com o homem que invadiu a NASA e encontrou OVNIs?

30 de agosto de 2022 0 Por Jonas Estefanski
Compartilhar:

Após invadir computadores da NASA, Gary McKinnon afirmou ter encontrado imagens perturbadoras de OVNIs em 2001.

Gary McKinnon foi acusado de realizar um ataque cibernético e encontrar arquivos classificados da NASA e do Exército dos Estados Unidos, em 2001 e 2002, que provariam a existência de OVNIs.

Em 2001, Gary McKinnon ele acessou as redes privadas de 97 computadores do governo dos EUA, inclusive de propriedade da NASA, do Exército, da Força Aérea, do Departamento de Defesa e da Marinha.

No entanto, o que mais chamou a atenção do público foi que Gary McKinnon insistiu que o que realmente o motivou a acessar as redes secretas foi sua tentativa de encontrar OVNIs e, em suas próprias palavras, encontrou evidências de sua existência.

Gary explicou que queria verificar uma história de uma ex-funcionária da NASA, Donna Hare, que afirmava que imagens de possíveis OVNIs eram frequentemente removidas pela agência.

Quando Gary McKinnon acessou os computadores da NASA, ele encontrou arquivos que o deixaram perplexo: quatro pastas rotuladas Filtrado, Não Filtrado, Processado e Bruto, organizadas nos sistemas Johnson Space Center Building 8. Das milhares de fotos, apenas uma pôde ser tirada do computador devido à baixa conexão de internet naquela época.

O que aconteceu com Gary McKinnon?

Devido à sua invasão nos computadores da NASA, Gary McKinnon foi brevemente preso em 2002 até que o governo dos Estados Unidos solicitou sua captura novamente em 2005. Desta forma, McKinnon foi acusado de cometer danos de mais de 700.000 dólares e por ter interferido com informações do Força Aérea dos EUA em 2001.

Embora sua extradição para os Estados Unidos tenha sido solicitada para enfrentar uma sentença de até 80 anos em 2006, finalmente, em 2012, e após vários recursos, a secretária do Interior, Theresa May, apontou que Gary McKinnon tinha síndrome de Asperger, sendo assim absolvido de suas acusações.

Atualmente, Gary McKinnon (56 anos) está livre. Em uma entrevista ao The Sun em maio de 2021, ele revelou que ficou surpreso com o número de OVNIs nos computadores da NASA:

“É fato que existem objetos que não entendemos que voam pelos nossos céus, como também é fato que existem departamentos científicos, de inteligência e militares que estudam esses objetos.”

McKinnon também afirmou que uma das imagens que mais chamou sua atenção foi um objeto voador não identificado em “formato de charuto”. Para decepção de seus apoiadores, ele não compartilhou nenhuma imagem…

(Fonte)