O Fim Do Mundo Está Chegando? Cientistas Preparam A “Caixa Preta Da Terra”. O Que Vai Estar Dentro?

O Fim Do Mundo Está Chegando? Cientistas Preparam A “Caixa Preta Da Terra”. O Que Vai Estar Dentro?

5 de julho de 2022 0 Por ucrhyan
Compartilhar:

Os cientistas decidiram criar algo como uma caixa preta caso a humanidade acabe. Em particular eles planejam construir uma grande caixa impenetrável contendo dados científicos para ajudar as futuras civilizações a obter uma visão abrangente de como o fim do Mundo aconteceu. Tudo ficará guardado na caixa e tudo será registrado em tempo real.

Em um momento de instabilidade, convulsão geopolítica e possível conflito global e até nuclear os cientistas tiveram a ideia de criar a “Caixa Preta da Terra” para que as futuras civilizações caso a humanidade entre em colapso por qualquer motivo conheçam os “comos” e os “porquês”.

Mesmo a concepção de tal ideia mostra que a elite intelectual da Humanidade agora considera muito provável a possibilidade de uma catástrofe massiva.

A “Caixa Preta da Terra” deverá ser feita de aço e será construída em uma área isolada na Tasmânia. A construção da estrutura está prestes a começar como notamos anteriormente. Existem temores fundamentados de que nosso planeta esteja enfrentando uma sexta onda de extinção em massa.

Semelhante às caixas pretas que os aviões possuem e fornecem informações importantes sobre as causas dos acidentes de avião os especialistas agora estão projetando a caixa para registrar dados climáticos – como níveis de dióxido de carbono, temperatura do mar e reservas de energia.

Além disso a caixa de aço gigante incluirá informações como postagens de mídia social e manchetes de notícias. Ao mesmo tempo dentro da caixa estarão discos de armazenamento conectados à internet que serão alimentados por energia solar do teto da enorme caixa.

Jonathan Nibon, cofundador da Glue Society, uma empresa envolvida no design da caixa disse à ABC australiana:

“A caixa foi projetada para gravar todos nós. “Se o pior acontecer essa coisa vai ficar lá.”

Fonte