NASA: James Webb captura ‘ampulheta de fogo’ formando nova estrela

NASA: James Webb captura ‘ampulheta de fogo’ formando nova estrela

25 de novembro de 2022 0 Por Jonas Estefanski
Compartilhar:

O Telescópio Espacial James Webb da NASA revelou na quarta-feira (16) detalhes dos primórdios de uma nova estrela, no caso a protoestrela L1527, que fica a 430 anos-luz de distância da Terra. Esse objeto, que aparece encapsulado em uma gigantesca nuvem escura de poeira e gás, teve sua imagem capturada pela câmera de infravermelho próximo (NIRCam) do observatório.

O objeto em formação, que poderá se tornar uma estrela se tiver massa suficiente para isso, está escondido dentro do “pescoço” dessa formação em forma de uma “ampulheta de fogo”. Na imagem, o disco protoplanetário aparece como uma linha escura entre os dois “compartimentos” da ampulheta, que são o material vazado da protoestrela se chocando com a matéria em volta.

O que mostra a imagem do James Webb?

A imagem mostrada pelo James Webb nessa foto fantástica é uma protoestrela ganhando massa e seu núcleo se comprimindo aos poucos, aumentando a temperatura para atingir o ponto de fusão nuclear estável, uma condição essencial para que a estrela se forme e gere sua própria energia.

O brilho no infravermelho distante indica que a L1527 ainda é um corpo relativamente jovem, de “apenas” 100 mil anos, classificado como protoestrela classe “0”. Isso significa que ela ainda tem um longo caminho a percorrer antes de adquirir seu status de estrela plena. Sua forma ainda é um aglomerado de gás pequeno, quente e inchado com uma massa entre 20% e 40% da do nosso Sol.

À medida que a poeira densa e o gás são atraídos para o centro do objeto, eles formam o chama disco de acreção. Embora apareça como uma pequena faixa escura, o disco tem quase o tamanho do nosso sistema planetário. Parte desse material irá dar início a novos planetas. Isso significa “esta visão do L1527 fornece uma janela para como o nosso Sol e sistema solar pareciam em sua infância”, afirma a NASA.