NASA desvenda mistério por trás dos “dados impossíveis” enviados pela sonda Voyager 1

NASA desvenda mistério por trás dos “dados impossíveis” enviados pela sonda Voyager 1

1 de setembro de 2022 0 Por Jonas Estefanski
Compartilhar:

Comportamento estranho do equipamento intrigava pesquisadores há meses

Há alguns meses, cientistas da NASA ficaram intrigados com o comportamento da sonda Voyager 1. Após 45 anos, o equipamento começou a enviar de forma aleatória uma série de dados classificados como “impossíveis”. Agora, a agência espacial dos Estados Unidos desvendou o mistério por trás desse fenômeno.

Problema corrigido

Os pesquisadores já sabiam que o problema tinha origem no sistema de controle e articulação de atitude da sonda (AACS, na sigla em inglês). Entre outras tarefas, o equipamento mantém a antena de alto ganho da Voyager 1 apontada com precisão para a Terra, permitindo com que ela envie dados para o nosso planeta. Após diversas análises, os engenheiros da NASA descobriram que o AACS começou a enviar os dados de telemetria por meio de um computador de bordo que havia parado de funcionar anos atrás, corrompendo as informações.

Sonda Voyager 1

Suzanne Dodd, gerente de projeto da Voyager, disse que quando os pesquisadores suspeitaram que esse era o problema, optaram por programar o AACS para retomar o envio dos dados para o computador certo. Dessa forma, eles conseguiram corrigir o erro que afetava a sonda. O equipamento foi lançado ao espaço em 1977 para estudar detalhadamente os planetas Júpiter, Saturno e os confins do Sistema Solar.

Os engenheiros ainda não sabem por que o AACS começou a rotear dados de telemetria para o computador incorreto, mas acreditam que o problema tenha se originado em um comando defeituoso gerado por outro computador de bordo. Se for esse o caso, isso indicaria que há um problema em outro lugar da espaçonave. A equipe continuará a investigar o caso, mas a NASA não considera que isso seja uma ameaça à saúde a longo prazo da Voyager 1.