URGENTE: NASA anuncia que os anéis de Saturno estão desaparecendo

Compartilhar:

A NASA previu uma data para o desaparecimento dos anéis de Saturno. De acordo com as observações das missões Cassini e Voyager 1 e 2, a gravidade exercida pelo planeta fará que em cerca de 100 milhões de anos eles deixem de existir.

Os anéis são formados em sua maioria por fragmentos de gelo de tamanhos distintos, que estão em equilíbrio entre a atração gravitacional de Saturno e sua velocidade orbital, que tende a movimentá-los para o exterior. Segundo detalhou a agência espacial, a gravidade do planeta gera um colapso em forma de chuva de pó de gelo sob a influência de seu campo magnético.

Segundo explicou o especialista James O’Donoghue, do Centro de Voos Espaciais Goddard, da NASA, em Greenbelt, Maryland, EUA, estima-se que essa “chuva de anéis” drene uma quantidade de água que poderia encher uma piscina olímpica em meia hora. O especialista também acrescentou que, se dependesse desse ritmo, os anéis desapareceriam em 300 milhões de anos, mas as informações repassadas pela nave Cassini revelaram que a quantidade que cai sobre o planeta é ainda maior, e a extinção se daria então 200 milhões de anos antes.

“Isso é relativamente pouco tempo em comparação com a idade de Saturno, de mais de 4 bilhões de anos”, pontuou O’Donoghue. Ele também revelou que “temos a sorte de podermos ver o sistema de anéis de Saturno, que parece estar no meio de sua vida. No entanto, se eles são temporários, talvez tenhamos perdido os gigantescos sistemas de Júpiter, Urano e Netuno, que possuem hoje apenas alguns traços finos”.


Fonte: New York Post

Imagem: NASA Visualization Explorer