Mulher encontra espécie misteriosa em cama de cachorro na Austrália

Mulher encontra espécie misteriosa em cama de cachorro na Austrália

5 de setembro de 2022 0 Por Jonas Estefanski
Compartilhar:

Emma, moradora da Austrália, jamais imaginou que olharia para a cama de seu cachorro e encontraria uma espécie diferente

Para alguns pode parecer boa sorte encontrar filhotinhos na sua casa. Seja de gatinhos ou de cachorrinhos, filhotes cativam os humanos. Contudo, e se esses filhotes forem de outra espécie? Pois foi isso que aconteceu com a australiana Emma Jane Kidd.

Emma estava em casa, durante uma noite de tempestade, quando percebeu os visitantes desconhecidos na caminha de seu cachorro, que se chama Merlin. Ela se abaixou para observar melhor e viu três filhotes assustados, usando a cama de Merlin para se aquecer e fugir da forte chuva e ventos do lado de fora.

Emma se aproximou junto de Merlin e acabou assustando a mamãe, que fugiu e deixou os filhotes para trás. A mulher então rapidamente ligou para o Darling Range Wildlife Shelter, uma organização que resgata e cuida de animais selvagens.

Mas, o que eram os bichinhos encontrados?

Essa dúvida não durou muito tempo, já que, felizmente, Emma logo os reconheceu como bandicoots-marrons-do-sul, mais conhecidos no país como quendas. Esse com certeza é um bichinho desconhecido aqui no Brasil, mas endêmico da Austrália. Ou seja, esses marsupiais só podem ser encontrados no país, mais precisamente no sul da região. Apesar de sua profissão, os socorristas se surpreenderam bastante.

“Quendas geralmente vivem em quintais e matas locais. Não é incomum vê-los se você mora nas colinas. Mas fazer ninho na cama do cachorro numa varanda de casa é muito inusitado”, declarou um representante do Darling Range Wildlife Shelter ao The Dodo, o site que publicou originalmente a matéria.

A história felizmente teve um final feliz, já que Emma ligou para os socorristas. Os filhotes terão a oportunidade de receberem cuidados especiais, até que estejam na idade certa de serem liberados na natureza. E Emma com certeza ganhou uma ótima história para se contar para amigos e familiares. Além disso, eles são muito fofos, não é mesmo?

O que fazer ao se encontrar animais selvagens?

Atualmente, os trigêmeos estão sob cuidados especiais, e serão soltos assim que puderem tomar conta de si mesmos. Vale ressaltar, também, que em uma publicação na rede social Facebook, a organização divulgou a importância de se ativar as autoridades locais ao encontrar um animal selvagem. Não se deve adotar ou tentar reabilitar o animal você mesmo, sempre busque ajuda profissional.

Homem confunde jacaré com cachorro e leva mordida na perna

Jacaré

Acredite ou Não/Reprodução

Outro caso de confusão de espécie, como se deu na Austrália, ocorreu de uma forma que envolveu até uma mordida dolorosa na perna. Pode parecer algo inimaginável confundir um jacaré com um cachorro, mas aconteceu nos Estados Unidos e o homem que conseguiu tal feito pagou o preço.

Um estadunidense que precisa urgentemente ir ao oftalmologista ou às aulas de biologia não conseguiu distinguir um jacaré de um cachorro e acabou sendo mordido pelo descendente dos dinossauros. A informação é de policiais de North Port, na Flórida, onde o caso inusitado aconteceu.

De acordo com a WTSP-TV, o homem caminhava do lado externo de um hotel, por volta das 00h30 da madrugada de terça-feira (7), quando viu uma figura se movendo nos arbustos.

O homem conta que “parecia ser um cachorro com uma longa coleira”. Mas, quando ele percebeu que era um jacaré na vegetação, já era tarde demais. Então, ao tentar fugir, o homem levou uma mordida de jacaré na perna direita, o que causou a perda de parte da musculatura. O homem preferiu não ser identificado.

Com isso, o sargento James Achille atendeu ao chamado e capturou o jacaré antes mesmo da chegada de um caçador licenciado, garantindo a segurança de todos os presentes. Já o homem que confundiu os animais foi ao hospital e passa bem.

Fonte: Aventuras na História