Mosca destruidora de lavouras é impedida de ser morta por conta de sua beleza

Mosca destruidora de lavouras é impedida de ser morta por conta de sua beleza

29 de agosto de 2022 0 Por ucrhyan
Compartilhar:

A mosca-lanterna-pintada (Lycorma delicatula) está causando mais problemas do que o previsto nos Estados Unidos. Conhecida por se alimentar de uma enorme variedade de gêneros alimentícios, como videiras e outras árvores frutíferas, esse inseto ganhou proteção dos cidadãos nova-iorquinos, por ser… muito bonito.

Esse animal, nativo de países asiáticos, como Índia, China e Vietnã, foi visto pela primeira vez nos EUA, no estado da Pensilvânia, em 2014, e desde então se espalhou pelo país, gerando prejuízos significativos para a agricultura. Para evitar danos, vários estados ordenaram que os produtores matassem esses insetos.

Porém, de acordo com uma matéria publicada pelo jornal The New York Times (NYT), algumas pessoas estão resistindo à ordem por achar a mosca esteticamente bonita demais para merecer a morte. A desenvolvedora de software, Jody Smith, que é vegana, declarou ao jornal que não corrobora com a atitude de matar os bichinhos porque não acredita que eles sejam dispensáveis. Entretanto, ela afirma que não hesita em matar uma barata.

Fotografia da mosca-lanterna-pintada em um tronco de árvore. Créditos: Amy Lutz/Shutterstock

Será que esse inseto merece a misericórdia dos cidadãos nova-iorquinos apenas por ser bonito?

O diretor de indústria vegetal do Departamento de Agricultura e Mercados do Estado de Nova York, Chris Logue, disse ao The New York Times que essa hesitação dos cidadãos é compreensível, pois a mosca “colorida parece inofensiva”. Entretanto, segundo ele, esse não é o único fator que precisa ser considerado, pois “o dano que essas espécies invasoras podem causar para prejudicar culturas importantes do país e impactar nosso sistema alimentar é real”.