Matéria escura pode estar vazando para nosso Universo de outra dimensão

Matéria escura pode estar vazando para nosso Universo de outra dimensão

27 de maio de 2019 0 Por Jonas Estefanski
Compartilhar:

Matéria escura e efeitos gravitacionais podem estar vazando para o nosso Universo desde uma dimensão paralela, revela físico.

A matéria escura representa cerca de 85% da massa do Universo e está se espalhando.

Cerca de 5% de tudo à nossa volta é feito de matéria normal ou, em outras palavras, matéria bariônica, a matéria da qual os nossos corpos e as nossas casas são feitos.

No entanto, físicos de partículas e astrofísicos não têm conseguido detectar a misteriosa substância em lugar nenhum do Universo visível.

Cientistas formularam uma hipótese que a matéria escura gruda as galáxias, isso porque as galáxias parecem ser mais pesadas do que a soma da matéria que podemos observar.

Segundo Mark Williams, da Universidade de Pesquisa da Sociedade Real e professor associado da Universidade de Manchester, existem diferentes teorias sobre a origem da matéria escura.

O doutor Williams é físico de partículas da Organização Europeia para Pesquisa Nuclear (CERN, na sigla em inglês).

Em uma entrevista à Express, o doutor Williams disse que “existem todo o tipo de teorias acerca da origem da matéria escura”.

De acordo com uma destas teorias, existem outras dimensões escondidas onde acontece algum tipo de comunicação entre as partículas da nossa dimensão e as outras dimensões, nota Daily Star.

Por isso, se pode imaginar que acontece um vazamento de massa e de efeitos gravitacionais das partículas de uma outra dimensão para o nosso Universo.

“No entanto, deve haver qualquer coisa em comum em tudo isto, é que elas [as partículas] têm que ser de alguma maneira observáveis no nosso Universo”.

“Nós somos cientistas, não somos filósofos, então temos que fazer previsões que possam ser testadas”.

Para verificar se a matéria escura existe, os astrônomos começaram por juntar toda a matéria visível na galáxia, tais como as estrelas e gás existentes, e ela parece estar se movendo mais rápido do que devia estar.

Isto levou os astrofísicos a pensar que algum tipo de matéria invisível está dando mais massa às galáxias que giram no espaço do que a que podemos detectar.

A luz viaja sob o Universo, por isso nunca podemos ver a outra galáxia.

Mas a força da gravidade passa entre os universos porque a gravidade apenas dobra o espaço, se, por exemplo, o espaço entre duas folhas de papel se dobra ligeiramente, então a gravidade o atravessa.

Fonte