James Webb observa anéis de Júpiter e detalhes assustadoramente incríveis – confira as primeiras imagens

James Webb observa anéis de Júpiter e detalhes assustadoramente incríveis – confira as primeiras imagens

20 de julho de 2022 0 Por ucrhyan
Compartilhar:

Confira as primeiras imagens do Telescópio Espacial James Webb e um pouco sobre esse início de trabalhos científicos

No último dia 12 de julho de 2022 a história da Astronomia entrou em uma nova fase. Conhecemos o Universo de uma forma mais profunda, nítida e detalhada como nunca antes vimos. Um dia antes, em 11 de julho, O presidente dos EUA, Joe Biden, nos deu um “chorinho” com a 1ª imagem oficial, científica e colorida do Telescópio Espacial James Webb. Mas era apenas uma… faltavam quatro imagens.

Campo Profundo do James Webb – a 1ª imagem oficial

Primeira imagem oficial do James Webb no Campo Profundo mostra o agrupamento de galáxias SMACS 0723
e galáxias ao fundo com o efeito de lente gravitacional.Créditos: NASA / ESA / CSA / STScI

Em seguida, pudemos ver outros detalhes incríveis. Acompanhamos tudo ao vivo e foi um momento épico. Vejam as imagens apresentadas logo abaixo:

Composição química do Exoplaneta WASP 96b

Composição atmosférica do exoplaneta WASP 96b observada com o espectrômetro do James Webb.
Créditos: NASA / ESA / CSA / STScI

Nebulosa do Anel

Nebulosa do Anel observada pelo Telescópio Espacial James Webb revelou inclusive
a segunda estrela central companheira da anã branca que produziu essa nebulosa planetária.
Créditos: NASA / ESA / CSA / STScI

O Quinteto de Stephan

O Quinteto de Stephan – um aglomerado de 5 galáxias onde 4 delas estão em interação – todas
observadas pelo Telescópio Espacial James Webb.

Nebulosa da Carina – um grande berçário de estrelas

Nebulosa de Carina observada pelo Telescópio Espacial James Webb. Estrelas nunca antes vistas
com outros telescópios foram reveladas nessa imagem magnífica.
Créditos: NASA / ESA / CSA / STScI

Acompanhamos a revelação das primeiras imagens do James Webb ao vivo, em nosso canal no Youtube:

E hoje, 13 de julho – apenas um dia após a grande revelação das primeiras imagens do James Webb, o Relatório de Comissionamento que caracteriza a capacidade do James Webb, revelou uma imagem do planeta Júpiter.

Sim. James Webb mirou em Júpiter e conseguiu revelar detalhes surpreendentes, mostrando algumas de suas luas e também seus anéis que dificilmente são vistos por conta de sua falta de brilho.

A observação de Júpiter não foi por acaso. Ela foi feita para entender se o Telescópio Espacial James Webb tinha a capacidade de rastrear um objeto em movimento relativamente mais rápido em primeiro plano, mais próximo e mais brilhante. Nada melhor do que observar um planeta como Júpiter.

https://www.youtube.com/channel/UCI_HfUogtuJBbNIQRea334g?feature=emb_ch_name_ex

Essa observação de Júpiter, além de ser belíssima por si só, evidenciou ainda que James Webb é capaz de rastrear objetos mais próximos que se movem de forma mais intensa no céu do que as galáxias e nebulosas distantes. Com isso James Webb terá a capacidade de observar asteroides e cometas próximos da Terra, assim como objetos interestelares. Vai ser fantástico, e estamos apenas começando!