Himenópteros: Um dos maiores grupos de insetos

Himenópteros: Um dos maiores grupos de insetos

5 de julho de 2022 0 Por ucrhyan
Compartilhar:

Himenópteros: Um dos maiores grupos de insetos, os himenópteros incluem as formigas, vespas e abelhas. O nome foi cunhado com base em suas asas membranosas. Vivem em colônias ou de forma solitária.

ordem tem cerca de 115 000 espécies descritas (Hanson & Gauld, 1995), distribuídas em 99 famílias taxonômicas (Goulet & Huber, 1993). Apresentam uma impressionante diversidade de formas, tamanhos e comportamentos.

Os maiores himenópteros podem alcançar cerca de 15 cm de comprimento, tais como as vespas caçadoras da família Pompilidae, marimbondos da família Vespidae e vespas parasitoides da família Ichneumonidae. Os menores são as vespas da família Trichogrammatidae, que podem ter apenas 1 mm de comprimento.

As espécies do grupo apresentam dois pares de asas, sendo as anteriores maiores do que as posteriores. Certos grupos, perderam secundariamente as asas.

Fêmeas geralmente têm um ovipositor especial para inserir ovos em hospedeiros ou locais que de outra forma seriam inacessíveis.

Evolução

O ovipositor é frequentemente modificado em um ferrão. Os filhotes se desenvolvem por meio do holometabolismo (metamorfose completa). Ou seja, eles têm um estágio larval semelhante ao de um verme e um estágio pupal inativo antes de amadurecer.

A ordem se originou no Triássico, com os fósseis mais antigos pertencentes à família Xyelidae, que se diversificaram durante o Jurássico, se tornando o grupo dominante de Hymenoptera no período. Os himenópteros sociais apareceram durante o Cretáceo. 

A maioria dos outros grandes grupos, como os Ichneumonoidea e os Aculeata (himenópteros com ferrão), surgiram durante o Cretáceo.

Os Hymenoptera são há muito reconhecidos como um grupo taxonômico natural, e os recentes avanços em técnicas cladísticas morfológicas e moleculares não mudaram essa percepção.

Importância

A ordem é provavelmente a mais benéfica de toda a classe dos insetos (Borror et al., 1989). As abelhas são os mais importantes agentes polinizadores da natureza, fundamentais para a existência de milhares de espécies vegetais, muitas delas importantes para o homem.

As abelhas são ainda exploradas para produção de mel. As formigas constituem grande parte da biomassa de ecossistemas naturais. Em florestas tropicais, o peso das formigas em conjunto é quatro vezes maior do que o de todos os vertebrados terrestres (mamíferos, aves, répteis e anfíbios) juntos (Wilson, 1990).

São agentes ambientais da maior importância, fundamentais na reciclagem de nutrientes, controle de espécies nocivas e revolvimento do solo