Google Earth anuncia ferramenta que mostra destruição da Terra ao longo dos últimos 36 anos

Google Earth anuncia ferramenta que mostra destruição da Terra ao longo dos últimos 36 anos

24 de agosto de 2022 0 Por ucrhyan
Compartilhar:

O recurso Timelapse do Google Earth, que estava oculto no desktop e nos celulares Android, foi anunciado oficialmente pela empresa nesta quinta-feira (15). Na ferramenta é possível comparar imagens registradas por satélites entre 1984 e 2020 graças a dados da Nasa e da ESA (European Space Agency), em parceria com universidades americanas.

De acordo com o Google, foram mais de 2 milhões de horas de processamento para tecer 20 petabytes de imagens de satélite em um único mosaico em vídeo de 4,4 terapixels, o que equivale a 530.000 vídeos com resolução 4K.

“Nesta página, você encontrará uma seleção selecionada de vídeos que destacam diferentes tipos de mudança planetária, incluindo expansão urbana, impactos de mineração, meandros de rios, o crescimento das megacidades, o desmatamento e a expansão agrícola. O objetivo é educar, informar e inspirar as pessoas para a reflexão sobre os cuidados com a casa de toda a humanidade”, informa o site do recurso Timelapse do Google Earth.

É possível selecionar o tour através de temas como expansão urbana, mudança florestal, água, infraestrutura e agricultura, além de poder navegar por regiões como Antártica, América Latina, América do Norte, EMEA (Europa, Oriente Médio e África) e APAC (Ásia-Pacífico).

É possível navegar pelo g.co/Timelapse, acessando o Google Earth ou assistindo aos vídeos em 2D e 3D, no formato MP4, pelo g.co/TimelapseVideos.

Assista ao vídeo que mostra as mudanças na Floresta Amazônica de 1984 a 2020:

E em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos: