Fotógrafo fica cara a cara com sucuri gigante nadando no fundo de rio de água cristalina; veja vídeo

Fotógrafo fica cara a cara com sucuri gigante nadando no fundo de rio de água cristalina; veja vídeo

3 de julho de 2022 0 Por ucrhyan
Compartilhar:

O vídeo foi feito durante uma expedição no ‘berçário das sucuris’, em Bonito (MS), pelo biólogo e fotógrafo Daniel De Granville.

O fotógrafo da natureza Daniel De Granville ficou cara a cara com uma sucuri gigante, no fundo do rio Formoso, em Bonito (MS). O encontro foi filmado e mostra a cobra nadando no fundo do rio de água cristalina (veja o vídeo acima).

No vídeo é possível ver a cobra rastejando no fundo do rio e o sedimento de calcário (típico dos afluentes da região de Bonito) se levantando. Em um momento, a cobra coloca a língua para fora e fica parada cara a cara com Daniel.

“Era das grandes. Não foi possível estimar com mais precisão, mas pela nossa experiência era nessa faixa de 6 metros ou algo bem perto disso. Repare como a sucuri tira proveito do fundo do rio para se deslocar mais rápido (devido ao atrito). Chega levantar uma nuvem de sedimentos”, explicou o fotógrafo.

Em conversa com o g1, Daniel mencionou que o registro foi feito em um banhado do rio Formoso, que para os biólogos é conhecido como “berçário das sucuris gigantes”. Daniel compartilha outros registros das serpentes gigante direto nas redes sociais, para ver outros vídeos, clique aqui.

“O registro foi feito região do Banhado do Rio Formoso, que é uma área fechada para visitação, mas muito importante na manutenção da qualidade das águas deste rio. É tipo um berçário das grandes sucuris.”

Daniel comenta que a sucuri que filmou é uma fêmea, já que o hábito de nadar no fundo do rio é típico das serpentes fêmeas, que são bem maiores que os machos. “Os machos, menores, não costumam ir tanto para o fundo. Muitas vezes ficam nadando em meia água ou na superfície mesmo. As fêmeas, talvez pelo tamanho e peso, usam mais o fundo do rio”, explicou.

Quase 7 metros

Acostumado a viver em natureza e registrar a fauna de Mato Grosso do Sul, o fotógrafo Daniel De Granville compartilhou o registro de uma que parecia ter quase 7 metros de comprimento, aparece entrando no Formoso, rio de águas cristalinas, em Bonito (MS).

Digerindo um animal

Em outro ponto do Rio Formoso, uma sucuri gigante foi flagrada digerindo um animal, provavelmente uma capivara, em um rio de água cristalina, em Bonito (MS), pelo empresário Juca Ygarapé.

Flagra em rio de água transparente

Uma outra sucuri gigante foi vista por um grupo de turistas que fazia flutuação em um rio de água cristalina em Jardim, região sudoeste de Mato Grosso do Sul, a 238 quilômetros de Campo Grande.

Sucuri mostrou a língua

Uma sucuri de aproximadamente 6 metros de comprimento, “mostrou língua” ao ser flagrada por um documentarista de natureza, em um rio de água cristalina, em Bonito, município que conquistou por 16 vezes o título de Melhor Destino de Ecoturismo do Brasil.