Fim da vida na Terra: NASA aponta como e quando isso acontecerá

Fim da vida na Terra: NASA aponta como e quando isso acontecerá

16 de setembro de 2022 0 Por Jonas Estefanski
Compartilhar:

Data de destruição do nosso planeta está vinculada à extinção do Sol

Quanto tempo a Terra ainda tem de vida? De acordo com cientistas, a data de destruição do nosso planeta está vinculada à extinção do Sol. Mas, segundo a NASA, esse processo ainda demorará muito tempo para acontecer.

Transformação do Sol

Segundo a NASA, o Sol se formou há cerca de 4,6 bilhões de anos em uma gigantesca nuvem de gás e poeira chamada nebulosa solar. À medida que a nebulosa entrou em colapso sob sua própria gravidade, ela girou mais rápido e achatou-se até ficar no formato de um disco. A maior parte do material da nebulosa foi puxada para o centro para formar o nosso Sol, que representa 99,8% da massa do sistema solar. Grande parte do material restante formou os planetas e outros objetos que agora orbitam a estrela.

Sol

Como todas as estrelas, nosso Sol acabará ficando sem energia. Quando começar a morrer, ele se expandirá até transformar-se em uma estrela gigante vermelha, tornando-se tão grande que engolirá Mercúrio e Vênus, e possivelmente a Terra também. Os cientistas estimam que Sol está atualmente na metade de sua vida útil. Assim, ele durará outros 5 bilhões de anos ou mais antes de se tornar uma anã branca.

Mas a Terra deve sucumbir muito antes disso, segundo os estudos mais recentes. A primeira grande crise cósmica ocorrerá em cerca de 1,5 bilhão de anos, quando o aumento do brilho do Sol desencadeará o que pode ser chamado de aquecimento “superglobal”. Essa energia solar em excesso irá vaporizar os oceanos da Terra. É possível que quando isso aconteça, a vida na Terra já tenha desaparecido há milhões de anos devido ao gradual aumento das temperaturas. 

FONTES

SPACE.COM, NASA, NBC E YAHOO

IMAGENS

ISTOCK