“Fantasma”: raro beija-flor é avistado na Colômbia após década desaparecido

“Fantasma”: raro beija-flor é avistado na Colômbia após década desaparecido

18 de agosto de 2022 0 Por ucrhyan
Compartilhar:

Registro do pássaro deve ajudar esforços de conservação de área degradada pela agricultura na Colômbia

Conservacionistas comemoraram esta semana o registro de um beija-flor da espécie sabre-de-Santa-Marta, pássaro que existe apenas na Colômbia. Desde 2010 não havia registro do animal na natureza.

O ornitólogo que visualizou e fotografou o beija-flor afirmou que ficou “tomado de emoção” ao avistá-lo, e chegou a duvidar do que viam seus olhos.

“O avistamento foi uma surpresa completa”, afirmou Yurgen Vega ao jornal The Guardian. “Quando vi o beija-flor pela primeira vez, pensei imediatamente no sabre-de-Santa Marta. Eu não podia acreditar que ele estava esperando por mim para pegar minha câmera. Eu estava quase convencido de que era a espécie, mas porque me sentia tão dominado pela emoção, preferi ser cauteloso, mas uma vez que vimos as fotos, sabíamos que era verdade.”

Esta foi a terceira vez que a espécie é documentada: a primeira ocorreu em 1946, porém só em 2010 pesquisadores capturaram as primeiras fotos do beija-flor na natureza.

A espécie é típica da Sierra Nevada de Santa Marta, uma região do norte colombiano que preserva apenas 15% da sua vegetação original, muito devido à agricultura. A descoberta do pássaro deve ajudar nos esforços de conservação da mata restante.

O sabre-de-Santa Marta é raro e integra listas entre os pássaros mais procurados do mundo, devido às aparições esparsas. Segundo o Guardian, John C Mittermeier, diretor de divulgação de espécies ameaçadas da American Bird Conservancy, comparou o avistamento a “ver um fantasma”.

O beija-flor avistado era um macho, identificado por suas penas verde-esmeralda, garganta azul brilhante e bico preto curvo. Ele estava empoleirado em um galho, vocalizando e cantando, um comportamento associado ao namoro e à defesa do território.