Menu
0 Comments

Escolha sua imagem Zen favorita e receba um conselho sobre crescimento interno



Compartilhar:

Tome uma respiração profunda e conecte-se com sua intuição, então escolha a imagem que mais o atrai. Ela trará uma mensagem profunda sobre o seu crescimento interno.

Imagem 1: Devoção, a dança de Meera no templo

Devoção é conectar-se totalmente à existência, é uma história de amor. Amar, por sua vez, é emaranhar-se com outra pessoa, compartilhar a intimidade profunda dos dois corações; fazer dois corações começarem a dançar a mesma canção.

A devoção é a morte da personalidade. Você escolhe abandonar tudo o que é mortal em si mesmo, apenas deixa permanecer o que é eterno, o que a morte não pode alcançar. A devoção é a mais alta forma de amor.

Conselho Zen para você: Se você mantiver a fé, determinação e devoção altruísta ao seu dever, você pode alcançar tudo o que desejar.


Imagem 2: Autenticidade, Milarepa e o falso professor

Você pode seguir qualquer caminho que quiser. Contanto que seja sincero e verdadeiro, alcançará seu objetivo. Alguns caminhos podem ser mais simples e outros mais tortuosos, mas o que realmente importa é manter sua autenticidade.

No entanto, se você não for autêntico, não importa o caminho que escolher, nunca chegará a lugar algum. Somente o compromisso com a verdade o levará onde você deseja, nada mais.

Conselho Zen para você: Viva a sua vida como desejar, faça o que o faz feliz, não seja influenciado e limitado pelas críticas de outras pessoas. Quando permitimos que outros nos definam, não vivemos com autenticidade. A vida é muito mais do que agradar os outros. Decida ser fiel a si mesmo.


Imagem 3: Meditação, Hakuin e o pequeno menino

Para as pessoas comuns, tudo o que outros dizem e fazem é incrível, porque não têm nada de original em si mesmas. Suas opiniões são apenas uma junção de pontos de vistas alheios. Essas pessoas, portanto, vivem com medo. Elas temem agir “errado” e perder sua reputação. As opiniões dos outros as aterrorizam, porque tudo o que sabem é o que lhes dizem. Sem a presença dessas pessoas em suas vidas, as pessoas comuns ficarão perdidas, sem saberem quem são.

No entanto, aqueles que meditam sabem que não necessitam das opiniões de outras pessoas. Essas pessoas sabem quem realmente são e, por isso, o que outros dizem realmente não importa. No entanto, elas não se esforçam para mudar as opiniões alheias, porque acreditam que não são melhores do que ninguém para tentar rotular.

Conselho Zen para você: Aceite quem você realmente é e elimine todos os rótulos que colocou sob si mesmo com o passar do tempo. Viva sua vida da sua maneira.

 

Fonte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: