Descoberta espécie de aranha que é capaz de amamentar seus filhotes

Compartilhar:

ARANHA QUE AMAMENTA?

Você deve ter aprendido nas aulas de biologia que os únicos animais que amamentam os filhos com o leite materno, são os mamíferos.

E isso continua valendo, não se desespere! Mas pesquisadores chineses descobriram uma espécie de aranha que é capaz de alimentar seus filhotes com uma substância proteica, bem semelhante ao leite.

O “leite de aranha” da espécie “Toxeus magnus” é fonte de nutrientes nos primeiros dias de vida do animal e podem ser até 4 vezes mais proteico que um leite de vaca.

Leite de aranha

Essa alimentação, constataram os pesquisadores, é a principal fonte de nutrientes dos filhotes até chegarem a cerca de 40 dias de vida, ou seja, praticamente quando atingem a maturidade sexual.

O fluido também foi analisado em laboratório. De acordo com Chen, do Jardim Botânico Tropical de Xishuangbanna e um dos autores da pesquisa científica, publicada nesta quinta-feira (29) pela revista “Science”.

Trata-se de uma substância muito parecida com leite e que contém quase quatro vezes a quantidade de proteína encontrada no leite de vaca.

Biologia

Os pesquisadores envolvidos do trabalho ressaltam também a importância que a descoberta pode ter no entendimento sobre cuidados parentais na natureza.

Afinal, sempre se acreditou que cuidados com a prole até praticamente a vida adulta fossem características mais comuns entre mamíferos.

No caso dos indivíduos de Toxeus magnus, Chen e sua equipe observaram que a mãe não só alimenta os filhotes como também ajuda na proteção e outros cuidados de sobrevivência.

Toxeus magnus

De acordo com a última edição do “Catálogo Mundial das Aranhas”, um compilado taxonômico com 47.868 espécies registradas, a Toxeus magnus é um aracnídeo identificado e descrito pela primeira vez em 1933. É uma aranha saltadora autóctone de Taiwan.

Administrado pela Academia Chinesa de Ciências, o Jardim Botânico Tropical de Xishuangbanna, onde o leite de aranha foi descoberto, é uma instituição que existe desde 1959.

Trata-se de um centro de pesquisas especializado, onde trabalham cerca de 340 cientistas. O Jardim Botânico conta com mais de 13 mil espécies de plantas e animais.

Fontes:

http://bit.ly/2QxHNvU

BBC

KF