Crocodilo é libertado após viver cinco anos preso em pneu na Indonésia

Crocodilo é libertado após viver cinco anos preso em pneu na Indonésia

9 de fevereiro de 2022 0 Por Jonas Estefanski
Compartilhar:

Um crocodilo selvagem que ficou preso em um pneu por mais de cinco anos na Indonésia foi resgatado e devolvido à natureza. Ativistas de conservação ambiental tentam capturar o crocodilo de água salgada desde 2016, quando ele foi visto pela primeira vez por moradores da cidade de Palu, na ilha Sulawesi, com um pneu de moto entalado no pescoço.

Crocodilo que vivia com um pneu em torno do pescoço foi finalmente socorrido. Imagem: Muhammad Izfaldi — Shutterstock

De acordo com a Agence France-Presse (AFP), foi um morador local que conseguiu atrair e pegar o réptil de 5,2 metros de comprimento na tarde desta segunda-feira (7). Tili, um vendedor de pássaros de 34 anos, usou frango como isca e cordas para puxar o animal, concluindo o que ele disse ser um esforço de resgate de três semanas. 

Dezenas de moradores ajudaram a puxar o crocodilo para a margem e, finalmente, cortar o pneu em volta de seu pescoço. “Eu só queria ajudar, odeio ver animais presos e sofrendo”, disse Tili, que, como muitos indonésios, não tem sobrenome.

Segundo ele, suas duas primeiras tentativas de resgatar o crocodilo falharam porque as cordas não eram fortes o suficiente para enfrentar seu peso. Tili, então, resolveu tentar com cordas de nylon usadas para puxar barcos. “Eu já estava exausto, então deixei eles terminarem o resgate, o crocodilo era incrivelmente pesado, todo mundo suava e ficava muito cansado”. Sob aplausos aliviados e satisfeitos dos moradores locais, o crocodilo foi solto de volta à água imediatamente após o resgate. 

Herói do crocodilo receberá recompensa pelo resgate

Conservacionistas acreditam que alguém pode ter deliberadamente colocado o pneu ao redor do pescoço do crocodilo em uma tentativa fracassada de prendê-lo como um animal de estimação.

Agora, é claro, a pergunta que não quer calar: como um homem da comunidade, sem nenhum preparo específico, conseguiu em três semanas o que as autoridades não foram capazes em mais de cinco anos? Tili diz que acredita que isso se deve ao fato de que eles não tinham o equipamento adequado para um resgate no rio, que abriga mais de 30 outros crocodilos. 

“Ontem foi um dia histórico para nós, estamos gratos pelo crocodilo ter sido finalmente resgatado e agradecemos aos moradores que mostraram preocupação com a vida selvagem”, disse Hasmuni Hasmar, chefe da agência local de conservação.

O réptil virou manchete no início de 2020, quando o governo local prometeu uma recompensa a quem pegasse o crocodilo e removesse o pneu, mas depois cancelou a competição por medo de que pudesse colocar em risco a segurança do animal e dos interessados no prêmio.

Para alegria do grande herói de Palu, de qualquer forma, a organização pretende recompensá-lo pelo feito. “Vamos premiar Tili por seu esforço em resgatar a vida selvagem”, disse Hasmar.