Cometa Gigantesco entrou no Sistema Solar interior e está se aproximando – Conheça 2014 UN271

Cometa Gigantesco entrou no Sistema Solar interior e está se aproximando – Conheça 2014 UN271

25 de agosto de 2022 0 Por ucrhyan
Compartilhar:

Um objeto misterioso que já está sendo considerado como um Mega Cometa está chegando bem perto!

Um objeto intitulado 2014 UN271, descoberto em 2014 através de observações feitas pelo Dark Energy Survey, foi reanalisado pelos cientistas Pedro Bernardinelli e Gary Bernstein da Universidade da Pennsylvania, que notaram algo anormal.

Não era apenas um asteroide, e está se aproximando do Sistema Solar Interior. O tamanho chega a assustar: de 100 a 370 quilômetros de diâmetro, o objeto 2014 UN271 está vindo da Nuvem de Oort, nos confins do Sistema Solar, e neste momento já está mais próximo do que a órbita de Netuno, a 22 UA (Unidades Astronômicas) do Sol. [1 Unidade Astronômica equivale a distância média entre a Terra e o Sol]

Por ter sua origem na Nuvem de Oort, acredita-se que o objeto 2014 UN271 tenha muito material volátil como gelo sujo, que deve sublimar criando coma e cauda quando se aproximar ainda mais do Sol.

Para se ter uma ideia, o maior cometa já descoberto, intitulado C/1729 P1 (Cometa Sarabat), tinha cerca de 100 km de diâmetro. O objeto 2014 UN271 tem no mínimo 100 km, podendo chegar a quase 400 km de diâmetro.

Na época em que foi descoberto, o Cometa Sarabat atingiu a magnitude aparente de -3, podendo ser facilmente visível a olho nu. Infelizmente, não parece ser o caso desse novo MegaCometa.

De acordo com especialistas, o Megacometa irá atingir o periélio entre os dias 23 e 27 de janeiro de 2031, quando chegará a cerca de 10 UA do Sol – quase na mesma distância da órbita de Saturno. Neste momento, apesar de seu tamanho colossal, o megacometa não deverá se tornar visível a olho nu.

Claro, pouco sabemos sobre esse objeto, e muita coisa pode mudar até lá. Sua órbita inclusive, que está sujeita a alterações gravitacionais por conta dos planetas gigantes gasosos, por exemplo.

Mas apesar de não ser visível a olho nu, o objeto 2014 UN271 deverá ser observado pelo Telescópio Espacial James Webb, que em breve deve ser lançado e iniciará suas operações. Considerado sucessor do Telescópio Espacial Hubble, James Webb deverá ter ainda mais poder de observação, e com sorte nos trará grandes surpresas sobre o então misterioso objeto 2014 UN271.