Cientistas chineses encontram água em forma líquida na superfície da lua

Cientistas chineses encontram água em forma líquida na superfície da lua

10 de janeiro de 2022 0 Por Jonas Estefanski
Compartilhar:

Descoberta foi feita após análise de material coletado pela sonda Chang’E-5

Pela primeira vez, amostras de solo colhidas na lua confirmaram a presença de água por lá. A descoberta foi feita pela sonda chinesa Chang’E-5.

Há quase um mês, a cápsula com 1,7 kg de material colhido na lua pousava no deserto da Mongólia. Foi a primeira vez desde 1976 que amostras retiradas do solo lunar voltaram à Terra.

O material valioso foi enviado a Pequim, onde começaram as análises de laboratório. Agora, veio a primeira grande descoberta: cientistas detectaram agua líquida em uma amostra de rocha na proporção de 120 ppm (partes por milhão).

Na última década, vários estudos já tinham detectado a presença de água na lua, mas eram todos baseados em medições ou observações orbitais. Esta é a primeira vez que a confirmação vem de um material colhido no local.

A presença de água na lua pode facilitar futuras missões, e até a fixação de uma base permanente no satélite natural da Terra. Da água é possível extrair oxigênio.

Meio século depois da missão da Nasa que enviou o homem à lua, a corrida espacial volta a ganhar impulso. Para 2022, estão previstas duas missões não tripuladas dos americanos e uma dos russos.

Os chineses continuarão fazendo experimentos com a sonda que foi a responsável por enviar as amostras à Terra. Para 2025, a Nasa planeja enviar uma missão tripulada à lua.

No mês passado, um estudo de cientistas australianos indicou que os primeiros 10 metros de profundidade da superfície lunar poderiam fornecer oxigênio suficiente para sustentar toda a população da Terra por um período de 100 mil anos. Mas ainda não existe tecnologia capaz de extrair o gás das rochas.

Assista