Cientistas afirmam que a água da Terra já estava por aqui… antes da Terra

Cientistas afirmam que a água da Terra já estava por aqui… antes da Terra

6 de fevereiro de 2022 0 Por Jonas Estefanski
Compartilhar:

Cerca de 71% do nosso planeta é coberto de água, o que nos faz nos perguntar como todo esse volume do precioso líquido surgiu. A resposta, segundo estudo internacional escrito por várias instituições, é simples: essa água toda já estava “por aqui” antes mesmo da Terra existir.

Segundo o material, cerca de 200 mil anos após o nascimento do nosso sistema solar — ou seja, bem antes do começo da formação dos planetas — já haviam reservatórios de vapor d’água no espaço e, pela análise publicada, esse reservatório teria a mesma assinatura isotópica encontrada na água da Terra.

Apesar de ela constituir mais de 70% do nosso planeta, a água é bem mais velha que a Terra, e sua origem pode ser traçada aos primórdios do nosso sistema solar
Apesar de ela constituir mais de 70% do nosso planeta, a água é bem mais velha que a Terra, e sua origem pode ser traçada aos primórdios do nosso sistema solar (Imagem: Peter Bocklandt/Shutterstock)

O estudo contou com pesquisadores da French Alternative Energies and Atomic Energy Commission (CEA), da Universidade Paris-Saclay, Universidade de Pau, na França (UPPA), e ainda teve suporte do Muséum National d’Histoire Naturelle (MNHN).

O processo, de forma bem resumida, envolveu seguir a trilha da composição isotópica da água até o início do sistema solar, ao longo das regiões internas onde a Terra e outros planetas acabaram se formando. E isso foi possível por meio da análise de um dos mais antigos meteoritos do nosso sistema, usando um método novo, desenvolvido especificamente para este estudo.

O resultado foi a identificação de dois reservatórios contendo matéria que deu origem a todo o nosso sistema. Em um deles, havia muito gás solar. No outro, havia material enriquecido de vapor d’água. Esse reservatório se formou por meio do influxo de água interestelar nas regiões mais internas do sistema solar, onde tudo é absurdamente mais quente.

Esse líquido veio “encapado” por um tipo de proteção que, eventualmente, acabou cedendo e expondo essa água às mudanças que a fizeram adquirir a assinatura isotópica que conhecemos hoje. Em outras palavras: já existia “água da Terra” antes de existir “Terra”.

Os detalhes do estudo foram publicados pela revista científica Nature.