Astrônomo de Harvard Avi Loeb: “O Universo Pode Ter Sido Criado Em Laboratório Por Uma Civilização de Classe ‘A’ Tecnológicamente Avançada”

Astrônomo de Harvard Avi Loeb: “O Universo Pode Ter Sido Criado Em Laboratório Por Uma Civilização de Classe ‘A’ Tecnológicamente Avançada”

4 de janeiro de 2023 0 Por Jonas Estefanski
Compartilhar:

O astrônomo de Harvard Avi Loeb tem uma teoria bastante sugestiva sobre como viemos a existir. Você sem dúvida já ouviu falar do astrônomo autor de best-sellers e ex-presidente do Departamento de Astronomia de Harvard, Abraham Avi Loeb.

Uma de suas alegações é que civilizações alienígenas não responderão às nossas mensagens por 3.000 anos. Você também pode conhecer Avi Loeb pelo Projeto Galileo e sua busca por evidências de tecnologia construída por civilizações alienígenas.

Avi Loeb, “O Amigo dos de lá”

Em outras palavras quando se trata de tudo relacionado a alienígenas Avi Loeb parece ser um “especialista comum”.

Hoje o astrônomo de Harvard está de volta com uma nova teoria sobre nosso universo e vida extraterrestre e devo admitir que é bem assustador.

Universo Criado em Laboratório

Em um editorial da Scientific American publicado na semana passada Loeb especula que nosso precioso e misterioso universo pode ter sido moldado em laboratório por uma “civilização tecnológica avançada”.

Como nosso universo tem uma geometria plana com energia líquida zero uma civilização avançada pode ter desenvolvido uma tecnologia que criou um universo bebê do nada por meio de um túnel quântico. Avi Loeb em Scientific American

Loeb continua dizendo que essa teoria unificaria nossas crenças religiosas e científicas e nos caracterizaria como uma civilização de classe C.

Que significa?

Como uma civilização dependente de nossa estrela hospedeira somos apenas um C na escala de civilização. Se pudéssemos nos tornar independentes do sol nos tornaríamos um B e se pudéssemos projetar nossos universos com sucesso seríamos a melhor classe A.

Portanto a teoria de Avi Loeb assume essencialmente que uma civilização de classe A nos criou.

O editorial de Avi Loeb deixa muitas perguntas sem resposta, como: A civilização que nos criou interfere em nossas vidas? E se sim é benevolente, mau ou indiferente?

Talvez Loeb publique um artigo descrevendo essa “criação” com mais detalhes. Nesse ínterim, como sempre encaro sua teoria com cautela.

O que você acha? 

Fonte