Astronauta da NASA explica por que os humanos nunca viverão na Lua

Astronauta da NASA explica por que os humanos nunca viverão na Lua

5 de janeiro de 2023 0 Por Jonas Estefanski
Compartilhar:

Para o astronauta da NASA Stan Love, a ideia de viver em nosso satélite natural é como viver na Antártida.
Uma coisa é os astronautas irem à lua em missões espaciais por um tempo. Outra utopia onde continuam a viver na lua. Assim, um astrônomo da NASA explica por que os humanos nunca viverão na superfície da lua.

É verdade que dentro das agências espaciais existem ideias para colonizar satélites, planetas e estender a humanidade pelo universo. Pode soar como um manual de ficção científica, mas a realidade é que muitos cientistas rastrearam a ideia, não apenas o fato de ter sido transmitida de geração em geração.

Colônia? base espacial? cidade futurista? Existem várias possibilidades de imaginar como seria a vida humana permanente na lua, mas para o astronauta da NASA Stan Love, a ideia de viver em nosso satélite natural é como viver na Antártida, onde fica apenas a base de pesquisa.

O motivo explicado pelo astronauta

Em um relatório publicado no site Computer Hoy, Love citou o The Sun dizendo que, embora algumas pessoas trabalhem na lua, elas não se estabeleceriam lá permanentemente, especialmente com familiares distantes.

“Acho que eles vão morar na lua e montar uma base lá. Mas eu não acho que eles vão se mover. Meu exemplo é a Antártida. Temos pessoas na Antártica desde 1957, isso foi há cerca de 60 anos, e ninguém se mudou para lá com suas famílias”, disse o astronauta.
Stan Love acredita que qualquer futura base lunar se parecerá mais com uma estação de pesquisa do que com uma cidade: “Será como uma estação de pesquisa na Antártica. A Antártica é uma boa analogia para a lua, que é usada para a ciência.”

Apesar dessa teoria especializada, a NASA pensa o contrário. A NASA doou mais de US$ 57 milhões à empresa de impressão 3D Icon para desenvolver um plano para construir infraestrutura na superfície lunar.