Acredita em Et’s? Major da PM diz que é abduzido 1 vez por semana

Acredita em Et’s? Major da PM diz que é abduzido 1 vez por semana

26 de maio de 2019 0 Por Jonas Estefanski
Compartilhar:

Em evento de ufologia, major da PM diz que é abduzido 1 vez por semana
3ª edição do Fórum Mundial de Contatados acontece em Porto Alegre.

O fim de semana em Porto Alegre é marcado por um evento fora do comum. O III Fórum Mundial de Contatados ocorre no Hotel Plaza São Rafael e reúne mais de 600 pessoas por dia. Neste sábado (13), os participantes tiveram a oportunidade de ouvir sete palestras com ufólogos e estudiosos. Alguns dizem que já foram abduzidos e contatados.

Um dos conferencistas, o major da Polícia Militar do Ceará Welliston Paiva, conversou com os presentes sobre suas experiências. Piloto de helicóptero, ele palestrou sobre as abduções que passou e sobre as histórias que coleta em todo o Brasil. Em sua palestra “Extraterrestres atuam no Nordeste Brasileiro, inclusive curando pessoas”, tentou mostrar exemplos de nordestinos que já tiveram contato com extraterrestres.

O major garante que é abduzido pelo menos uma vez por semana. Com base em seus estudos, diz que os extraterrestres são seres que se preocupam com o espírito e a natureza. Segundo o PM, os alienígenas estão estudando o corpo humano para viver em uma nova era e outros planetas.

Ao G1, o painelista revelou que tinha medo dos contatos quando era mais jovem. O estudo aprofundado sobre o assunto, no entanto, o ajudou a compreender melhor. O preconceito também o deixava chateado, mas logo ele entendeu que não precisava esconder. “Descobri que a minha função é de ser um porta-voz e transmitir esse conhecimento”, disse.

Paiva foi cercado de pessoas após suas palestras. Curiosos, todos queriam saber o segredo para abdução. “Qual é a motivação para essa vontade? Eles [os alienígenas] não aceitam pessoas com más intenções”, explica. Segundo ele, até a dieta das pessoas é levada em consideração. O piloto diz que o consumo de carne animal é ruim para o espírito, pois ele guarda a energia do sofrimento.

Em todos os cantos, do saguão ao salão principal do hotel, é possível ouvir conversas calorosas. Todos dividindo sua experiências de contato com seres de outros planetas, buscando entender as visitas e suas intenções. Muitos dos participantes e palestrantes viajaram de outras cidades do Brasil e do mundo para dar seu testemunho. O encontro vai até este domingo (14).

O organizador do evento, A. J. Gevaerd, conta que a maior parte dos presentes não são curiosos, mas sim pessoas que têm certeza da existência de seres extraterrestres em todo o planeta. “As pessoas querem respostas para os acontecimentos”, explica.

Apaixonado pelo assunto, o ufólogo, criador da revista UFO, explica que a seriedade do fórum ajuda a diminuir o preconceito. “Muitos palestrantes são estudiosos e mostram relatos com provas reais da existência dos alienígenas”, disse ao G1.

O próprio Gevaerd afirma que já teve uma experiência de abdução. Aos 26 anos, ele acredita ter sido levado numa viagem de nave extraterrestre, mas apenas com uma sessão de hipnose e regressão ele teve certeza do acontecido. “Eu sempre tive uma sensação muito forte, como um sonho. Não podia falar nada, pois sou um formador de opinião da área”.

 

Fonte G1