Acaba de acontecer A MAIOR EXPLOSÃO DO UNIVERSO já detectada desde o Big Bang

Acaba de acontecer A MAIOR EXPLOSÃO DO UNIVERSO já detectada desde o Big Bang

10 de agosto de 2022 0 Por ucrhyan
Compartilhar:

Uma explosão gigantesca rasgou o coração de um aglomerado de galáxias distante, liberando cerca de cinco vezes mais energia do que a recordista anterior.

explosão ocorreu no aglomerado de Ophiuchus, a cerca de 390 milhões de anos-luz da Terra. Simona Giacintucci, do Laboratório de Pesquisa Naval em Washington, EUA, e lider da pesquisa, acreditam que a origem da explosão é proveniente de um buraco negro supermassivo de uma das galáxias do aglomerado – especificamente, jatos de radiação e material expelido alimentado por gás e poeira.

A possibilidade de uma explosão incrivelmente poderosa de Ophiuchus foi levantada pela primeira vez em 2016 em um estudo liderado por Norbert Werner, que analisou imagens capturadas pelo Observatório de Raios-X Chandra da NASA. Werner e seus colegas relataram uma borda curvada no aglomerado, que poderia fazer parte da parede de uma cavidade formada por uma explosão.

A maior explosão do universo desde o Big Bang.
Créditos: Chandra / NASA / CXC / NRL/S / Giacintucci et al. / XMM-Newton / ESA / XMM-Newton / NCRA / TIFR / GMRT / 2MASS / UMass / IPAC-Caltech / NASA / NSF

Mas o estudo de 2016 não estabeleceu que uma explosão fosse realmente responsável por essa borda curvada. Giacintucci e seus colegas acabaram de fazer essa determinação, depois de analisar dados adicionais de raios-X do telescópio espacial XMM-Newton da Europa e Chandra, além de informações de rádio coletadas pelo Murchison Widefield Array na Austrália e pelo Giant Metrewave Radio Telescope na Índia.

Os dados combinados mostram que a borda curvada é realmente parte de uma parede de cavidades, porque faz fronteira com uma área rica em emissão de rádio. Essa emissão provavelmente resultou quando a explosão do buraco negro acelerou os elétrons quase à velocidade da luz, disseram os pesquisadores.

A energia liberada pela explosão de Ophiuchus é centenas de milhares de vezes maior do que as explosões normalmente vistas em aglomerados de galáxias, disseram os pesquisadores, além de ser cerca de cinco vezes maior que a recordista anterior, uma erupção no aglomerado MS 0735.6 + 7421 (relatada aqui em nosso site).

A erupção descomunal em Ophiuchus parece ter acabado. Os dados de rádio não mostram evidências de atividade contínua dos jatos, disseram os cientistas.