Imagens da NASA revelam como a Floresta Amazônica é fertilizada pelo Deserto do Saara

Imagens da NASA revelam como a Floresta Amazônica é fertilizada pelo Deserto do Saara

18 de fevereiro de 2019 0 Por Jonas Estefanski
Compartilhar:
 Uma enorme quantidade de poeira do Saara se descoloca por cerca de 2.000 km até à Amazônia. Os dados foram coletados pela NASA, National Aeronautics and Space Administration, entre 2007 e 2013 e revelam a relação entre o deserto e a floresta.

Mas como que a poeira do deserto do Saara fertiliza a Amazônia? 

 Calcula-se que 182.000 toneladas de poeira vinda do Saara atravessem o Oceano Atlântico em direção à América. Desse número, pelo menos 27,7 milhões de toneladas de poeira precipitam a cada ano na bacia amazônia, sendo 0,08% correspondente ao fósforo (que é um importante nutriente para as plantas).

Esse pó vem principalmente de uma região conhecida como Depressão Bodele, localizada no país africano Chade. Boa parte da poeira permanece no ar, enquanto que 43 milhões de toneladas “viajam” para o Mar do Caribe.

Assista abaixo a animação 3D que mostra didaticamente o fenômeno: