“Carta do Diabo” de 300 anos é decofidicada por cientistas com Software da deep web

“Carta do Diabo” de 300 anos é decofidicada por cientistas com Software da deep web

16 de março de 2019 0 Por Jonas Estefanski
Compartilhar:

Existe um tópico que naturalmente fascina os seres humanos: o conceito do diabo, ou algum tipo de entidades demoníacas. Pode ser inatamente cativante pelo fato de que essas entidades são a realidade, ou pode ser apenas algo sobre o modo como a imaginação humana funciona. Na minha opinião pessoal, é ambos.

Por causa dos cientistas italianos, uma história circula na Internet há algum tempo com uma carta escrita pelo que eles descrevem como uma freira possuída em um código estranho que não foi traduzido por três séculos.

Segredos sombrios: A carta, escrita em 1676, foi finalmente decodificada por um grupo de cientistas da computação usando um software de decodificação que eles baixaram da deep web, que descobriu que Deus marca uma invenção do homem, e “o peso morto” de Jesus e do Espírito Santo – DM “Esse sistema não funciona para ninguém”, escreveu a irmã Maria Crocifissa della Concezione . Ela acrescentou que os humanos inventaram deus, em sua carta escrita em 1676, pela qual ela afirma que o diabo assumiu seu corpo para escrever.

 

“Deus acha que pode libertar os mortais”, dizia, referindo-se a um rio do submundo. Ela acrescentou “talvez agora, Styx é certo.”

A carta foi descoberta na Sicília, Itália, em um convento onde a freira supostamente viveu desde os 15 anos de idade.

A freira alegou que um dia ela acordou e a carta apareceu. Ela não tinha memória de escrevê-lo

A carta foi finalmente traduzida por cientistas do Ludum Science Center, em Catania, depois que eles colocaram o conteúdo da carta em um software “na dark web, que é usado pelos serviços de inteligência para quebrar códigos”, segundo o Metro .

O software fez uso de várias línguas usadas na época, incluindo o grego antigo, o latim, o árabe e o alfabeto rúnico para tentar decodificar os caracteres da letra. Eles alegadamente vieram com algumas frases claras.

Os pesquisadores relatam que a freira costumava gritar e desmaiar em frente ao altar do convento Palma di Montechiaro, alegando que o diabo estava tentando fazê-la mal.

Os pesquisadores dizem que nem toda a letra foi traduzida, mas uma boa parte dela.

Era uma heresia criminosa no momento da carta, mas no código ela aparentemente se referia a Deus e a Jesus como “pesos mortos”.

Diretora do centro que analisou sua carta, Daniele Abate disse :

Por alguma razão, os principais artigos de mídia relatam que vários satanistas contataram o centro de pesquisa depois que a carta foi publicada. “O mundo inteiro está falando sobre o nosso trabalho”, disse um porta-voz. Não sei por que os satanistas encontrariam tal interesse porque a verdadeira filosofia do satanismo tende a ser ateísta e moralmente relativista.

Esta mulher provavelmente era uma pessoa comum que estava chateada por ser forçada a viver dentro dos limites de um estilo de vida estritamente católico. No entanto, algum tipo de entidade escura pode existir também. Por que eles não?

 

Fonte