Caneca de campo de concentração guardou um segredo por mais de 70 anos

Caneca de campo de concentração guardou um segredo por mais de 70 anos

20 de fevereiro de 2019 0 Por Jonas Estefanski
Compartilhar:

Pesquisadores do ‘Museu e Memorial Auschwitz-Birkenau‘ tiveram uma surpresa ao analisar uma caneca bem simples que fazia parte de seu acervo por muitas décadas.

Depois de algumas radiografias eles descobriram que a tal caneca ainda guardava um grande segredo: ela tinha um fundo falso, onde se encontravam um colar de ouro e um anel também de ouro incrustado com pedras preciosas!

Os pesquisadores acreditam que essa era uma prática bem comum entre judeus que eram levados aos campos de concentração e tentavam salvar algumas peças valiosas das mãos dos nazistas.

Caneca de campo de concentração guardou um segredo por mais de 70 anos - Img 1

Eventualmente os prisioneiros eram autorizados a levar alguns objetos pessoais, mas geralmente todos eram confiscados nos campos de concentração depois de algum tempo, então ocultar objetos era uma forma de tentar garantir um futuro caso fossem libertados.

Muitos especialistas disseram que esse esconderijo na caneca indica a esperança que os prisioneiros tinham de serem libertados, o que infelizmente só aconteceu no final da guerra depois de milhões de pessoas terem sido massacradas.

Fonte