A ONU quer chipar toda a humanidade até 2030! E quem recusar será ”excluído da sociedade”

A ONU quer chipar toda a humanidade até 2030! E quem recusar será ”excluído da sociedade”

16 de março de 2019 0 Por Jonas Estefanski
Compartilhar:

A noticia que circula na net:

A ONU prevê que até o ano de 2030 cada pessoa terá uma identificação biométrica, que será válida em todo o mundo. A informação de cada ser humano será armazenada em um banco de dados universal localizada em Genebra, Suíça.
O arranjo da ONU é dirigida a todos os governos do mundo que impõem Cartão ” Identificação Biométrica Universal ” para os seus cidadãos. “Este novo programa é um modelo para a” Nova Ordem Mundial ” e se eles não aderirem os sub
projetos para essas novas metas globais enfrentarão algumas coisas muito alarmantes”, relata o colapso econômico.
As Nações Unidas têm implementado este projeto entre os refugiados que chegaram na Europa. O sistema de coleta
facial, íris, biométria, impressão digital, estabeleceram-se como única documentação oficial para os refugiados. As
informações serão enviadas para um banco de dados central em Genebra, permitindo eficazmente o seu monitoramento .

De acordo com um relatório da Localizar Biometrics , as autoridades esperam que esta tecnologia seja usada por homens,
mulheres e crianças do planeta em até 2030.
Esta iniciativa de desenvolvimento foi lançada originalmente pelo Banco Mundial, em conjunto com a ONU e outras
instituições para obter a ” identidade legal ” em todas as mãos. O objetivo é garantir uma identidade legal e original,
permitindo que serviços baseados em IDs digitais sejam disponíveis para todos.
“E se alguém se recusar a este novo sistema de” identidade legal “certamente ele será desqualificado para uma posição
de trabalho , obter uma nova conta bancária, tirar um cartão de crédito , se qualificar para uma hipoteca, receber qualquer
forma de pagamento do governo, etc., nesse momento, qualquer um que se recusar a nova “ID universal” se tornaria um
desprezado da sociedade , “disse Michael Snyder.
“O que a elite quer é se certificar de que o todo mundo está “no sistema”. Essa é uma das razões pelas quais você está
sendo desencorajado a usar o dinheiro em especie , “concluiu Snyde. Compartilhe com seus amigos e familiares!

A VERDADE:

É verdade que a Organização das Nações Unidas tem um plano para inserir um chip em cada ser humano até 2030 e quem não aderir ao sistema será “excluído da sociedade”?

A notícia apareceu com força nas redes sociais e em diversos sites e blogs no começo da segunda quinzena de 2016. De acordo com o texto, a ONU estaria prevendo que até o ano de 2030 cada pessoa terá uma identidade biométrica através de um chip, que será válida no mundo todo.

A informação de cada ser humano, de acordo com a notícia, seria armazenada em um banco de dados universal localizado em Genebra, na Suíça. Quem se recusar a usar esse identificador será desprezado pela sociedade, segundo o texto que foi amplamente compartilhado através das redes sociais!

A imagem que ilustra essa matéria seria o tão falado chip identificador que, após ser implantado sob a pele, ficaria imperceptível a olho nu.

Será que essa notícia é verdadeira ou falsa?

A ONU quer implantar um chip em cada ser humano até 2030! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdadeiro ou falso?

Esse texto alarmista – que envolve a ONU, o Banco Mundial, a Nova Ordem Mundial e outras tantas instituições reais e fictícias– apareceu na segunda quinzena de dezembro de 2016, mas é apenas uma cópia de um artigo semelhante e que fez bastante barulho na web em novembro de 2015. Na época, muitos sites e blogs atribuíram essa baboseira de implantação de chips à então presidente Dilma Rousseff.

Origem

Todos os sites e blogs que reproduziram esse boato usaram como fonte uma postagem feita em um site religioso chamado Prophecy News Watch em novembro de 2015 (o artigo não está mais no ar, mas a internet não esquece). O fato do referido site não dar nenhuma prova das afirmações que fez não impediu que o boato se espalhasse rapidamente.

Em dezembro de 2016, o assunto voltou a se espalhar graças a uma postagem feita no site Sempre Questione, bastante conhecido aqui no E-farsas por inventar e espalhar notícias falsas na web.

O tal do chip mostrado na “notícia”

Para ilustrar essa e-farsa, alguns disseminadores de boatos eletrônicos usaram uma foto de um dedo humano segurando um pequeno chip. Acontece que esse diminuto componente não é um chip usado para biometria. Trata-se de um microchip de transistores de apenas 7 nanômetros desenvolvido pela IBM, em julho de 2015. A ideia é que esse componente seja usado em processadores cada vez menores e que consumam menos energia. A previsão é de usar isso em “aparelhos inteligentes” 2017 ou 2018.

Conclusão

Não há nenhum plano encabeçado pelas Nações Unidas para “chipar” toda a população até 2030. Tudo não passa de invencionices de sites especializados em criar pânico através de passagens bíblicas!